OnLine

Agricultor sobrevive por horas em açude com água até o nariz

Uma posição de ioga e o poder de concentração ajudaram um agricultor australiano a passar horas apenas com o nariz fora da água, quando a escavadeira em que trabalhava caiu dentro de um açude, em Charlotte Bay, na Austrália.

Por G1
Daniel Miller, de 45 anos, dirigia ao lado do açude na sua propriedade, 300 quilômetros ao norte de Sydney, quando a beirada rompeu e a escavadeira de três toneladas caiu na água, prendendo-o ao fundo por uma barra de metal.
Miller contou que fez uma posição de ioga - deitado sobre o abdômen, com as pernas para trás, apoiando as mãos no fundo do açude - até que uma vizinha ouviu seus gritos e chamou por socorro.
"Eu estava preso e tentei manter a cabeça acima da água. Acho que fiquei na 'posição da cobra'", disse o agricultor ao jornal Sydney Daily Telegraph.
POR G1

'Salvo' pela ioga

A posição da cobra, ou Bhujangasana, é um dos exercícios básicos de ioga e auxilia a corrigir problemas de postura, porque fortalece a musculatura das costas e a capacidade respiratória.
"Não sou um praticante, mas posso dizer que a ioga salvou a minha vida. Isso e, claro, minha vontade de viver", acrescentou.
Segundo as equipes de resgate, Miller passou duas horas no açude. Mas a mulher dele, Saimaa, afirmou em uma postagem no Facebook que foram cinco.
O agricultor disse que outra coisa que o ajudou a sobreviver foi passar "o tempo todo" pensando em voltar para a mulher e os dois filhos pequenos.
O chefe de polícia Neil Stephens informou que Miller ficou apenas com o nariz e a fronte fora da água.
"Ele teve muita sorte de sobreviver", disse a uma emissora de TV australiana.
Para a mulher de Miller, "não teve nada a ver com sorte, mas com o fabuloso esforço mental e a determinação de um homem incrível".
Os bombeiros tiveram que drenar a água e a lama para retirar o agricultor do açude.
"É incrível como ele manteve as costas arqueadas e o nariz acima da água por tanto tempo", disse Steve Howard, chefe dos bombeiros da área de Nova Gales do Sul.

'Absoluta força mental'

Miller foi levado de helicóptero para um hospital na cidade vizinha de Newcastle, sofrendo de hipotermia e com escoriações leves nas costas.
"Dan está OK!", escreveu a esposa dele na rede social.
"Ele ficou preso... com o peso da escavadeira em cima dele e com o fundo pantanoso do açude cedendo sob seus pés".
"Certamente foram a sua absoluta força mental e determinação em sobreviver que o fizeram sair dessa. Assim como estar em forma, forte e saudável. Nada a ver com sorte", concluiu ela.
Compartilhar Google Plus

Autor Caju Sat

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial