OnLine

Política com Assis Matos. A Bíblia diz que tudo tem seu tempo: Tempo de calar e tempo de falar

Houve um tempo em que não se podiam criticar os governantes. Muitos foram presos, torturados, exilados, mortos. Muitos lutaram em movimentos que uniram trabalhadores, estudantes, artistas, alguns políticos, para a reconstrução da democracia e a liberdade de expressão. O direito de criticar a gestão publica faz parte da democracia. Sem pretensão de ser oráculo da verdade e com respeito à honra e a dignidade pessoal de cada um, considero a critica como contribuição aos bem intencionados que não esperam da vida publica só os aplausos. Nos dias atuais a gestão municipal de Chorozinho já convive com situações que já devem ser denunciadas. Não adianta desqualificar o critico, pois o direito a manifestação do pensamento está consagrado na constituição federal. Nos próximos textos vamos tornar públicas as criticas a nova administração, ou será a velha administração, já que a cúpula é composta por figurinhas carimbadas da política local. A democracia tem muitas vozes. Lembrem-se da velha e sábia lição: não concordo com o que dizes, mas defenderei até a morte o teu direito de dizê-lo.

Coluna: Política com Assis Matos

Por Assis Matos - Radialista - Cronista - Analista Político
Compartilhar Google Plus

Autor ...

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial